Pesquisar este blog

segunda-feira, 5 de julho de 2010

ciúme

























quis ser o toque nocivo
que abarca-te o ventre
e os sonhos

tentei roubar tua alma
como quem beija boa noite
e vazio sem troféu voltei

tua face é mais punho
que vertigem
mais visão
que miragem

minha mão sobre tua cara
é quase rara e não inspira
segurança alguma
treme e chora a falta
de não sentir

quem dera meus dedos
máscaras para esconder
o que te há
de mais precioso.

2 comentários:

Larissa Marques disse...

Sindri,
seu olhar me faz ser melhor do que sou!

Rúbia disse...

Eu também adoro esse olhar que só vê estrelas!!!