Pesquisar este blog

domingo, 14 de novembro de 2010

aurora

























parece-me o raiar dos deuses
estadia entre o negro
e o glorioso amanhecer

tens o riso adorável
fúria inominável
e coração em desapego

tudo é humilde diante
desses olhos floridos
e dessa boca penitente

tudo me é suportável
se tua voz e língua
se fendam em meus lábios.





performer: Fabiano Barros

2 comentários:

Nilson V. Moreno disse...

Muito bom te ler, sabores complexos, nada doce demais, nada só amargo.

Cauã Nóbrega disse...

AI.... DELÍCIA ESSA FOTO MENINO...
TUDO... O TECIDO, O HORIZONTE.. O P.B.... PARECE UM SONHO...