Pesquisar este blog

quinta-feira, 16 de junho de 2011

a queda





foi mais alta
e dessa vez acreditei
que não ia me levantar
são as rasteiras da vida

e eu poderia dizer
pode me ajudar
pode me socorrer
pode me salvar?

mas o orgulho não é nulo
e de certo modo
me fez sangrar
sozinho e no escuro

quando perdi o controle
e a direção, não havia ninguém
não haviam olhos
nem orelhas pra me guiar

a queda foi brusca
e quis desistir
mas fixei-me no horizonte
e decidi seguir só.

2 comentários:

fao disse...

gostei demais das fotos...continue nos mostrando essa beleza

A. Rúbia disse...

Nossa...
Eu li e respirei fundo.