Pesquisar este blog

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

a deusa morta


























dormiu e esqueceu
o que foi
partindo do princípio
do pó ao pó

não sonhou
oprimiu qualquer coisa
que trouxe esperança
e sufocou beira-mar.

Um comentário:

Analuka disse...

Sereia, será que sonha e respira?... Será que vai virar pedra e concha, areia?... Algas e estrelas, nos cabelos e na alma, ternuras e dores que sobrevivem ao tempo...